fbpx

Vôlei do Pinheiros inicia renovação para temporada 2020/21

Após duas temporadas à frente da equipe adulta feminina de vôlei, Sergio Negrão não é mais o técnico do Esporte Clube Pinheiros. A equipe encerrou recentemente a participação na Superliga 2019/20 em nono lugar, a uma posição do playoff, repetindo a colocação de 2019. Após a medalha de bronze no Campeonato Paulista de 2017, a equipe chegou aos playoffs nos dois últimos estaduais.  

O diretor de Vôlei, Claudio Schmidt, considerou a saída do treinador como uma renovação natural. “Trata-se de um processo de transição de caráter técnico. Sérgio pegou um time praticamente montado no primeiro ano e no segundo, ajudou-nos a montar a equipe que sofreu interferências, como várias lesões, principalmente de Edinara, a mais grave”, analisou Schmidt, que elogiou o experiente treinador.  

“Sergio sempre foi um parceiro e as portas do clube permanecem abertas para ele. A relação profissional se encerra, pelo menos neste momento, de forma harmoniosa”, afirmou Schmidt, que já antecipou que o atual auxiliar, Reinaldo Bacilieri, campeão da Superliga com o Taubaté em 2019 e três vezes campeão paulista,  assume interinamente a equipe. “Vamos aproveitar ao máximo as juvenis na montagem do elenco para a temporada 2020/21”.

Ratificando o caráter de clube formador, trabalho realizado com excelência desde as categorias de base, nos últimos meses o Pinheiros promoveu para o time principal, jovens jogadoras como, a levantadora Isadora, a central Lorena, as opostas Marina e Lorrayna e as pontas Natália e Sabrina, lançadas de forma gradual na equipe adulta.