Judô

LIE 01

Com uma das melhores estruturas do Brasil, o Judô pinheirense mistura a experiência dos medalhistas olímpicos com a vontade dos jovens atletas de virar referência mundial e garantir o maior número de judocas nos Jogos Olímpicos. A excelência técnica dos treinamentos é confirmada com troféus e judocas renomados que treinam nos tatames pinheirenses.

O Judô pinheirense já conquistou 4 medalhas olímpicas: A primeira foi de Douglas Vieira, prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles (1984), em seguida Leandro Guilheiro, em Pequim (2008) e Rafael Silva, o Baby, em Londres (2012). A segunda medalha de bronze veio nos jogos do Rio de janeiro em 2016, conquistada por Rafael Silva que representou o Pinheiros e o Brasil.

O Pinheiros também investe em novos talentos do Judô. Tudo começa com as turmas de formação, que iniciam as crianças na prática esportiva, promovendo os conhecimentos técnicos da modalidade, além de auxiliar os pais na educação e formação do caráter das crianças por meio dos conceitos filosóficos e educativos do Judô. Já no pré-competitivo participam as crianças que se destacam em suas turmas, para que tenham treinamento extra e se desenvolvam na modalidade, para participar de competições da 2ª e 1ª divisões. Depois disso, há o alto rendimento, com treinamento das equipes para as competições de nível profissional, nacional e internacional.

Considerados esses aspectos, o judô traz uma novidade desde 2017, a nova metodologia aplicada, onde consistem em desenvolvimento global do associado seguindo as seguintes diretrizes como o desenvolvimento esportivo, educacional, cultural, psicológico e social.

Abaixo segue a composição da equipe hoje:

Base, pré-competitiva e de alto rendimento: Supervisor técnico Esportivo Especial Sérgio Malhado Baldijão.

Alto rendimento: Supervisor Técnico Tiago Camilo e Consultor Técnico Leandro Guilheiro.

Categorias de Base: coordenada pelo professor Raphael (Jukita) e equipe composta pelas professoras Andréia e Jaqueline.

LIE 01