Pinheiros emplaca segunda vitória seguida, a nona no NBB

Basquete Azul e Preto venceu o Cerrado (DF) nesta quarta (02/02) no Henrique Villaboim, ingressando entre os oito melhores

 

Com duas vitórias em três dias o Pinheiros subiu mais um degrau na classificação do NBB 2021/22. Após vencer o BRB Brasília na segunda-feira, superou nesta quarta (02/02), também em casa, outra equipe Distrito Federal, o Cerrado, por 88 a 70. Com a consciência de evoluir jogo a jogo, mantendo os pés no chão, o time segue no rumo dos oito melhores da competição nacional.

Depois do equilíbrio no primeiro quarto (20 a 18), o Pinheiros deslanchou no segundo, chegando a 51 a 32 antes do intervalo devido à postura mais agressiva da defesa e às substituições bem-sucedidas pelo técnico David Pelosini. No terceiro quarto o Cerrado reduziu a vantagem pinheirense para dez pontos, mas o Pinheiros impediu a reação do adversário no último quarto, consolidando de forma segura o segundo triunfo consecutivo.

O pivô Lucas Cauê vivenciou noite inspirada no Poliesportivo, com um duplo-duplo (16/14) e Coleman foi novamente o cestinha da partida com 24 pontos. “A disposição foi máxima, principalmente para suprir a ausência do Dikembe (lesionado). Hoje eu vim para jogar exatamente dessa forma e estou feliz pelo objetivo atingido”, considerou Cauê.

David Pelosini e Buffat
David Pelosini e Buffat

Pelosini analisou o progresso da equipe pinheirense na partida. “O primeiro fator foi a entrada muito oportuna dos atletas que vieram do banco de reservas. O outro quesito foi a disciplina tática levada para a quadra em relação aos treinos, principalmente no segundo tempo”, elogiou o técnico.

O Pinheiros contou com os retornos do técnico David Pelosini, que havia testado positivo para covid, e do pivô Jefferson, suspenso da partida anterior. O próximo adversário será a Unifacisa, sexto colocado, em Campina Grande (PB) em 09/02. Um confronto direto pelas posições intermediárias do NBB.

Pelosini iniciou o jogo com Buffat, Deryk, Jefferson, Coleman e Cauê. Também jogaram: Gabriel, Sena, Maicon, Munford e Gui Abreu. O técnico Bruno Lopes escalou o Cerrado com Paulo, Rafa Moreira, Dawkins, Von Haydin e Serjão, cestinha da equipe com 16 pontos. Entraram Thornton, Pierotti, Gusmão e Victor.