Pinheiros é campeão da Copa Brasil Interclubes de Judô

LIE 01

 

Em final emocionante, equipe paulista venceu o Minas Tênis de virada, por 4 a 3, no golden score da luta extra, em Santana de Parnaíba (SP) 

São Paulo (SP) – O Esporte Clube Pinheiros é o vencedor da primeira edição da Copa Brasil Interclubes de Judô encerrada neste domingo (29) em Santana de Parnaíba (SP). Após cinco dias de competição, com as delegações confinadas em um centro de treinamento conforme os protocolos adotados de CBJ – Confederação Brasileira de Judô, a equipe azul e preta venceu uma final dramática contra o Minas Tênis Clube.

O Pinheiros obteve uma virada que só veio no golden score da luta extra após empate por 3 a 3. O ponto do título foi marcado pela peso-médio Ellen Santana, com um waza-ari contra Sarah Nascimento. A medalha de bronze ficou com o Paineiras do Morumby, que superou a equipe do Sesi-SP.

As duas equipes finalistas fizeram as melhores campanhas na fase de grupos. O Pinheiros passou em primeiro no Grupo A, com uma vitória sobre a Sogipa por 4 a 0 e uma derrota para o Paineiras por 4 a 3.  Para chegar à decisão, a equipe do técnico vice-campeão olímpico, Douglas Vieira, passou pelo Sesi-SP na semifinal.   

O Minas, estava invicto na competição até chegar à final. Na fase de grupos, os comandados de Fulvio Miyata venceram o Instituto Reação e o Sesi, obtendo o primeiro lugar no Grupo B. O cruzamento na semifinal foi contra o Paineiras e, mais uma vez, os mineiros foram superiores. Venceram por 4 a 2 e seguiram para o duelo final contra o Pinheiros.  

No combate pelo título, o Minas abriu dois pontos de vantagem, com as vitórias de Juscelino Nascimento Jr (+90kg) e Maria Taba (57kg) sobre Jonas Inocêncio (+90kg) e Ketelyn Nascimento (57kg). O Pinheiros reagiu, com vitórias de Marcelo Contini (73kg) sobre Julio Koda Filho e de Ellen Santana (70kg) sobre Sarah Nascimento. O placar de 2 a 2 mostrava o equilíbrio entre os dois rivais.   

Eduardo Bettoni (90kg) deu novo fôlego ao Minas com um ippon sobre Giovanni Ferreira, mas Beatriz Souza (+70kg) se impôs sobre Millena Silva para levar a decisão à luta extra após novo empate: 3 a 3.

Pelo regulamento, sorteia-se uma categoria para repetir a luta, mas em ponto de ouro, ou seja, quem marcar o primeiro ponto, vence. Ellen Santana (70kg) e Sarah Nascimento foram as sorteadas e retornaram ao tatame para o tudo ou nada. Em combate acirrado, Ellen aplicou um waza-ari salvador para sacramentar a vitória do Pinheiros. 

 


LIE 01