Após um mês, Pinheiros retorna ao Poliesportivo pelo NBB

Jogo da noite deste sábado (02/4) será às 18h contra o Pato Basquete em duelo entre oitavo e nono colocados no Henrique Villaboim

O Pinheiros quer aproveitar a sua casa para embalar nova sequência de vitórias no NBB 2021/22 neste sábado (02/4) às 18h contra o Pato (PR). Não haverá transmissão, o que sugere ao torcedor pinheirense que compareça ao Poliesportivo para incentivar o Time Azul e Preto na reta final da fase que define o posicionamento das equipes para o playoff.

Entre a segunda quinzena de fevereiro e a primeira de março, o Pinheiros emplacou uma sequência de três triunfos como visitante surpreendendo, Fortaleza, Caxias do Sul e Luvix União Corinthians (RS). A jovem equipe pinheirense se mantém com esforço na oitava colocação ao logo do segundo turno e parte para um duelo direto contra o nono colocado.

O técnico David Pelosini exalta a fase que o time atravessa. “Nosso momento é muito bom. Depois do Paulista (semifinal) e da LDB (campeão), estamos cumprindo mais uma meta na temporada com o NBB. O trabalho de refinamento tático será o foco até o fim da fase de classificação. Quero que a tomada decisão do jogador contemple, espaço, tempo e ângulo de arremesso na leitura de jogo”, observou o exigente treinador.

Em meio a um elenco recém-saído da base, atletas como Jefferson, Deryk e Coleman são fundamentais para dar equilíbrio ao time. “Teremos uma semana difícil, decisiva, considerando-se que teremos duelos diretos contra Pato e Corinthians (04/4 no Parque São Jorge). A derrota para o Paulistano foi inesperada porque estávamos com a confiança elevada. Apesar do time ser jovem e estar em formação, iremos para o playoff na melhor colocação possível”, afirmou o ala-pivô Jefferson.

Tanto nos treinos quanto nos jogos, Jefferson e Deryk trocam informações o tempo todo. “Sabemos o quanto é importante ajudarmos a entrosar um time que teve muitas mudanças e conta com vários jogadores vindos da base. Para os meninos, nosso apoio é fundamental para que adquiram a confiança que um campeonato como o NBB exige”, comentou o armador pinheirense Deryk.

Foto: Armador Deryk (Ricardo Bufolin / ECP)