fbpx

Vôlei do Pinheiros cumpre missão no primeiro torneio da temporada

A rejuvenescida equipe do Pinheiros atingiu seu objetivo na primeira competição da temporada 2020/21. Chegou até a fase semifinal do Campeonato Paulista, conforme projeções da comissão técnica e se superou em quadra, em vários momentos, enfrentando em condições de igualdade potencias do vôlei nacional como Sesi Bauru, Osasco Audax e São Paulo Barueri, o atual campeão estadual.

Nas semifinais contra o Sesi Bauru, apesar dos dois placares de 3 sets a 0, o Pinheiros demonstrou evolução e exigiu máximo esforço da equipe que possui um arsenal de ataque com Dani Lins acionando Tifanny e Polina. As pinheirenses aproveitaram o campeonato como um ajuste para a Superliga, e até para se conhecerem melhor, uma vez que o time foi um dos últimos a retomar os treinos devido aos protocolos do clube na quarentena.

A capitã Ana Cristina elogiou a união do grupo recém-formado. “O Paulista foi superpositivo para nós. O time apresentou grande evolução entre o primeiro jogo e a semifinal. Tivemos um pequeno período de preparação devido à pandemia. O campeonato mostrou que todas as jogadoras têm sua importância para o time. Essa união e muito trabalho nos levarão a brigar de igual para igual com as grandes equipes”, afirmou a levantadora.

Para o técnico Reinaldo Bacilieri, o Paulista ofereceu subsídios relevantes para dar continuidade ao trabalho em vários âmbitos. “Tivemos a meta dos playoffs atingida, pudemos nos conhecer melhor e colocar à prova nosso modelo de jogo. Obtivemos parâmetros importantes para o desenvolvimento da equipe rumo à Superliga”, avaliou o treinador.

Plano de retorno bem-sucedido – Além dos aspectos técnicos e táticos, Bacilieri enalteceu o plano de retomada das atividades para o alto rendimento estabelecido pelo Pinheiros. “Terminamos o campeonato sem lesões e sem casos positivos para covid, fato importantíssimo para a primeira competição dentro da pandemia. Isso foi possível graças ao trabalho em conjunto entre comissão técnica, departamento médico e direção do clube” destacou o treinador.

Durante o torneio estadual, Bacilieri observou também o comportamento de suas atletas. “Quero destacar ainda, a postura da equipe, digna do que se espera de quem representa o maior clube esportivo do País. Lutaram sempre até o último ponto, na vitória ou na derrota. Temos um time que se orgulha e se fortalece quando veste a camisa do Pinheiros”, concluiu o técnico pinheirense, animado com o futuro da equipe.

O Pinheiros estreará na Superliga 2020/21 em 09 de novembro contra o Sesi Bauru às 21h30 no Poliesportivo Henrique Villaboim. Na mesma semana (13/11) estará em Belo Horizonte para enfrentar o Itambé Minas. É esperado o retorno da oposta Edinara, lesionada e operada no joelho no início da temporada anterior.

Foto: Ricardo Bufolin/ECP