fbpx

Pinheiros tem seu 1º dia de Troféu Brasil marcado por Paulo André correndo abaixo dos 10s

Com Paulo André correndo 9s90, Rosângela conseguindo o índice para o Mundial e dobradinhas pinheirenses o Clube sai na frente na competição

Bragança Paulista (SP) – 09 medalhas, um índice para o Mundial e o primeiro brasileiro a correr abaixo dos 10 segundos, este foi o saldo do Pinheiros no primeiro dia de disputas do Troféu Brasil de atletismo. O Clube iniciou na competição com uma sequência de dois pódios com dobradinha, sendo um nos 1.500m masculino e outro nos 10.000m feminino. Já na segunda etapa de provas do dia, foi a vez dos velocistas entrarem em ação, com Paulo André e Derick protagonizando mais um resultado duplo para o Clube, além de Paulo ter conseguido um feito inédito, ao correr os 100m abaixo dos 10 segundos.

Paulo André encerrou a prova com o tempo de 9s90 e apesar da marca não ter sido homologada, devido ao vento a favor (3.2 m/s), sendo que o limite é  o feito não deixou de ser histórico e muito comemorado pelo atleta, que comprovou estar no caminho certo e considerou ter feito uma boa prova, com grandes possibilidades de baixar os 10 segundos, mesmo sem a ajuda do vento.

“O foco agora é totalmente voltado para Doha, que é também um passo importantíssimo para Tóquio, que podemos dizer que é o nosso objetivo final, que é uma Olímpiada. Então a cabeça daqui por diante é Mundial de Doha, treinar com os meninos também, porque nossa realizada hoje é o revezamento. E o objetivo é conseguir defender estas duas conquistas.

“Deu 3.2 m/s. Foi acima, mas não tão acima. Eu fiz uma boa prova, sai muito bem, inclusive na primeira saída que deu queima, não sei como estava o vento, mas talvez ali o resultado seria até melhor. Não que isso tenham atrapalhado, porque nós atletas temos que estar preparados para os imprevistos. Mas eu fiz uma excelente saída, tive uma excelente aceleração e uma excelente chegada, não foi à toa que foi um tempo muito bom. É como eu disse, fiz uma boa prova, é claro que a gente sempre tem o que melhorar, mas acho que na hora certa vai sair estes 9 segundos”, comenta o velocista após a prova.

Quem também saiu satisfeita da prova e com um motivo extra para comemorar, foi Rosângela Santos, que foi a campeã da versão feminina dos 100m. Além do título a atleta garantiu o índice necessário para disputar o Mundial de Atletismo, sendo que esta competição no Troféu Brasil era a última chance para que ela conseguisse.

“Isso estava me incomodando, o fato de eu não ter feito o índice, pensei até em não competir o Troféu Brasil, já estava meio cabisbaixa. Descobrir tem uns dois dias que estou com uma pequena fratura por estresse na coluna, nada muito grave. O médico falou: você tem que ir no seu limite de dor, então por isso estou fazendo só os 100m. Não vou competir os 200m e talvez faça o revezamento, mas eu quis entrar para competir, porque eu sabia que podia fazer este índice. Agora vou chegar lá e buscar o meu melhor”, comemora Rosangela.

Nas últimas provas da noite o Clube ainda contou com mais dois ouros, um no lançamento do martelo masculino, com Allan Wolski e o outro com Ederson Pereira, que depois de ter garantido o título de campeão pan-americano em Lima, veio ao Troféu Brasil e repetiu o resultado na prova dos 10.000m tornando-se também o campeão brasileiro deste ano.

O Pinheiros encerra estas duas primeiras etapas com 73 pontos e o primeiro lugar no quadro parcial dos Clubes. E além da continuação da provas do heptatlo, que conta com duas representantes pinheirenses, o Clube tem mais chances de aumentar seus resultados disputando oito finais. Um dos destaques desta sexta-feira (30), serão as provas de revezamento 4x100m.

 

Confira os resultados do Pinheiros no primeiro dia de competição:

1.500m Masculino

Carlos de Oliveira Santos – Ouro (3:45.52)

Jean Carlos Dolberth Machado – Prata (3:46.94)

 

10.000m Feminino

Jenifer do Nascimento Silva – Ouro (34:35.84)

Tatiele Roberta de Carvalho – Prata (34:37.47)

 

100m Masculino

Paulo Andre Camilo de Oliveira – Ouro (9.90)

Derick de Souza Silva – Prata (10.10)

 

100m Feminino

Rosangela Cristina Oliveira Santos – Ouro (11.23)

 

Lançamento do Martelo Masculino

Allan da Silva Wolski – Ouro (71.07)

 

10.000m Feminino

Ederson Vilela Pereira – Ouro (29.35.62)