Pinheiros é bem representado no World Triathlon Cup Lisbon

LIE 01

Miguel Hidalgo e Djenyfer Arnold, integraram a equipe brasileira que participou da World Triathlon Cup Lisbon e obtiveram resultados expressivos

Na primeira quinzena de maio a Confederação Brasileira de Triathlon realizou uma seletiva que definiu o “Team Relay Lisboa”, a equipe de revezamento que disputaria o World Triathlon Cup Lisbon, evento classificatório para Tóquio. Na seletiva brasileira o pinheirense Miguel Hidalgo ficou com a primeira colocação nas três baterias e se juntou a outros três triatletas: Manoel Messias, Luisa Baptista e Vittoria Lopes na formação do “Team Relay Lisboa”. A também pinheirense Djenyfer Arnold participou da seletiva e ficou como reserva no feminino.

A Copa do Mundo de Lisboa foi realizada no último fim de semana (21 a 23/05), mas a equipe brasileira não obteve vaga para o “Team Relay Tóquio”. No primeiro dia da competição Djenyfer Arnold foi quem iniciou com a natação, fazendo uma boa prova e saindo da água na 10ª posição. Miguel Hidalgo assumiu na sequência e também teve um ótimo desempenho na água, mas sofreu um imprevisto com o zíper que o impossibilitou de remover a roupa de borracha e acabou resultando na desclassificação da equipe brasileira.

A competição teve continuidade no sábado e domingo, com os atletas atuando desta vez individualmente e tanto Miguel, quanto Djenyfer, conseguiram ótimos resultados pessoais.

Com apenas 20 anos, inclusive ainda disputando competições do Sub-23, Hidalgo vem conquistando cada vez mais espaço na equipe principal e se destacando no circuito internacional. Ele foi o segundo a sair da água, manteve o ritmo e também ficou no primeiro grupo a maior parte do tempo. Finalizou a prova em 21º lugar, superando nomes fortes do triathlon mundial.

“Depois de um momento trágico com o wetsuit (traje de mergulho), fiz meu melhor resultado em World Cup até o momento (P21), com muitos pontos positivos. Mas teremos uma nova oportunidade de melhorar em Arzachena”, avalia o jovem triatleta, que já começa a pensar no próximo desafio que virá pela frente, na Sardenha.

Já no feminino Arnold, que é uma das integrantes mais recentes da seleção brasileira, manteve-se durante grande parte da prova no primeiro grupo e teve uma boa performance. Mesmo enfrentando problemas, terminou a prova na 28ª posição.

“Confesso que foi frustrante encostar a bike e perder o pelotão principal da prova. Ainda bem que tive uma volta para me recompor até o segundo pelotão e retomar a prova. Continuei e consegui fazer meu melhor tempo de 10km, o que me deixou feliz no final de tudo e mostrou que minha corrida está evoluindo cada vez mais e que estamos no caminho certo”, comemora Djenyfer.

O próximo compromisso dos dois triatletas pinheirenses já é no final desta semana, a Copa do Mundo de Arzachena, na Costa Esmeralda da Itália, nos dias 29 e 30 de maio.

A modalidade de Triatlo do Pinheiros conta com a parceria da Performance Nutrition, Comitê Brasileiro de Clubes, Lei de Incentivo ao Esporte, além da Secretária Especial do Esporte, o Ministério da Cidadania e Governo Federal.


LIE 01