Nota de repúdio

O Esporte Clube Pinheiros repudia qualquer ação discriminatória e, neste particular, considera que os atos racistas e de injúrias raciais constituem afronta aos direitos humanos, uma ameaça à vida e à liberdade. O racismo e a injúria racial são crimes previstos por lei e devem ser punidos com rigor exemplar.

O Pinheiros, na condição de principal clube esportivo do País, atua na promoção da igualdade, da liberdade de expressão, do direito a todos sem discriminação de raça, gênero, crença religiosa e origem social. Deste modo, ratifica que repudia qualquer ação discriminatória, como a que foi dirigida ao atleta Daniel Moreira no jogo deste domingo (8/5) pelo Campeonato Paulista Sub-22 de Basquete na cidade de Avaré.

O Pinheiros segue apurando os fatos e manifesta apoio incondicional ao seu atleta. A Federação Paulista de Basquete está notificada sobre o ocorrido, assim como a equipe mandante da partida.