fbpx

Judocas garantem pontos para Tóquio e conquistam medalhas de ouro e bronze na Europa

No último final de semana os judocas pinheirenses conquistaram grandes resultados para o ranking mundial classificatório para os Jogos de Tóquio 2020 em dois abertos europeus.

As primeiras medalhas femininas da temporada pela seleção foram conquistadas no Aberto de Odivelas, em Portugal, por Beatriz Souza e Larissa Pimenta. No domingo (02), último dia no torneio Beatriz conquistou a medalha de ouro na categoria Pesado feminina (+78kg) ao vencer a japonesa Maya Akiba, por ippon. O resultado rendeu à brasileira mais 100 pontos no ranking mundial classificatório para Tóquio 2020. Ela é a número 7 do mundo.  No sábado (01), Larissa Pimenta ficou com a medalha de bronze na categoria meio-leve, também em Portugal, a pinheirense venceu por waza-ari a também brasileira Sarah Menezes.

No judô masculino, Phelipe Pelim, também conquistou a medalha de ouro e foi campeão no Aberto de Sófia, na Bulgária. Pelim assim como Beatriz Souza somou 100 pontos no ranking mundial classificatório para os Jogos de Tóquio 2020.

Phelipe Pelim venceu cinco lutas para sagrar-se campeão, nas preliminares, passou por Dilshot Khalmatov (UKR), Maxime Merlin (FRA), Ramazan Abdulaev (RUS) e Cedric Revol (FRA), todos por ippon, até chegar à final. Na decisão pelo ouro, o brasileiro encaixou um belo golpe no Azeri Oruj Valizada que lhe rendeu um waza-ari no golden score e a medalha de ouro.

“Estou muito feliz, porque esse é um ano muito importante, um ano olímpico. Pude começar de uma forma muito boa, subindo no pódio e ouvindo nosso hino tocar. Agora, a gente vai para o Grand Slam de Paris e minha ideia é manter esse rendimento, botando o Brasil no lugar mais alto do pódio”, projetou Pelim.

 

Fotos: European Judo Union e Divulgação CBJ