fbpx

História do Esporte Clube Pinheiros traduz a São Paulo de 467 anos

Área de remo às margens do Rio Pinheiros na década de 1920 (Foto: ECP)

O Pinheiros  participa no desenvolvimento do esporte na capital e na preservação  da sua história que vai desde as competições a remo nos rios mais importantes da cidade ao acervo fotográfico memorável.

No dia 25 de janeiro, a maior megalópole do Brasil comemora mais um ano de sua fundação. O que era um povoado criado por jesuítas para catequizar índios, hoje se tornou a 11ª cidade mais globalizada do planeta. Incluindo-se as regiões metropolitanas, possui cerca de 21 milhões de habitantes. A cidade é o principal polo financeiro, mercantil e econômico da América do Sul, além de abrigar pessoas de 196 nacionalidades. 

Foi neste cenário que em 1899, o alemão Hans Nobiling, veio ao Brasil e trouxe o amor pelo futebol. Criou o Sport Club Germânia, que passou a se chamar Esporte Clube Pinheiros depois da Segunda Guerra Mundial. Além de ser o berço do futebol, o Clube participou ativamente das atividades sociais e recreativas dos paulistanos, tendo o Rio Pinheiros como protagonista para seus associados praticarem atividades como  remo e natação. 

 A Chácara do Itaim, como era conhecido o espaço do Clube, fomentou diversas competições esportivas na década de 1920. O Esporte Clube Pinheiros, desde os primórdios já se mostrava um clube poliesportivo fomentando o esporte na na cidade. Foi o primeiro clube a contar com uma piscina olímpica, além de ter sido pioneiro no incentivo ao esporte feminino. Em 1929, organizou a primeira competição de atletismo para mulheres no Brasil.

Com o crescimento de São Paulo, a história do Esporte Clube Pinheiros se se expande em meio à vida na cidade, tornando-se o maior clube da América Latina e principal fornecedor de atletas para as delegações brasileiras em Jogos Olímpicos. Para o presidente Ivan Castaldi, Pinheiros e São Paulo são cúmplices de uma história vitoriosa. “ Nosso clube traz o amor à cidade e, através de nosso acervo no Centro Pró-Memória Hans Nobiling, guardamos nossa contribuição ao desenvolvimento e história da cidade. Temos, entre nossos associados, gerações de paulistanos que passaram o amor ao clube e à cidade para seus filhos e netos, assim como seus pais e avós passaram para eles!”

O acervo do Centro Pró-Memória Hans Nobiling foi reformado em 2020 e hoje está acessível a todos digitalmente no site do Esporte Clube Pinheiros (ecp.org.br), ou no período de visitação ao Clube. São mais de 28 mil itens entre fotografias, medalhas e até um barco utilizado para prática de remo, na década de 1920.

Para saber mais sobre o Pinheiros, acesse AQUI