Embalado, Pinheiros faz primeiro jogo em casa pelo Paulista de Vôlei

Heinz

A estreia vitoriosa sobre Barueri na casa do adversário, motiva a equipe Azul e Preta em seu primeiro mando de jogo na temporada

A renovada equipe do Pinheiros volta a jogar no Poliesportivo Henrique Villaboim depois de quase seis meses em relação a última partida pela Superliga. A motivação das pinheirenses está redobrada após a vitória por 3 sets a 1 sobre o Barueri, na quadra do adversário. A equipe Azul e Preta recebe o Sesi Bauru nesta sexta-feira (03/9) às 20h pelo Campeonato Paulista, ainda sem público no ginásio.

A partida de estreia mostrou que a mescla promovida pelo técnico Reinaldo Bacilieri, com algumas atletas mais experientes somadas à maioria vinda da base, está no rumo certo em busca da evolução. O time se apresentou de forma equilibrada, com diversificação nas jogadas. A distribuição dos pontos, por exemplo, ficou bem homogênea: Sonaly (14), Tália (13), Larissa (12) e Mesquita (10).

A ponta Mesquita enalteceu a primeira da nova equipe do Pinheiros. “Foi muito importante iniciar com o pé direito, um alívio. Vencemos um time muito bem montado, e vimos que estamos no caminho certo. Sabemos que agora virão duas pauladas e estamos preparadas”, referiu-se Mesquita em relação aos dois próximos jogos, Sesi Barueri e Osasco, atuais vice-campeão e campeão do Estadual.

“Nosso time enfrenta muitos desafios. Eu e várias meninas viemos do banco na temporada anterior. Eu ainda joguei na minha antiga posição, oposta, e jogaria em qualquer outra para cooperar. Foi só primeiro fruto. Queremos colher muitos outros”, projetou Mesquita, vinda do atual campeão da Superliga, Itambé Minas.

A levantadora Carol Leite compartilha sentimento semelhante ao de Mesquita. “Estamos muito felizes com o primeiro jogo. Era um confronto importante e começar vencendo é sempre muito bom. Agora seguimos trabalhando duro e mais motivadas em busca de outro triunfo nesta sexta, contra o Sesi Bauru. Sabemos que será muito difícil, o Sesi tem uma grande equipe com meninas experientes, mas confio no nosso time e daremos nosso melhor em quadra com foco na evolução como grupo”.

Forma de disputa – A primeira fase, com todos os times no mesmo grupo (A) jogando entre si em turno único, terá 15 jogos e está prevista para acabar em 24 de setembro. Os dois com campanhas mais positivas passarão direto às semifinais, enquanto os outros quatro disputarão as quartas de final, em dois novos grupos: Grupo B, com o confronto entre 3º e 6º colocados, e Grupo C, com a disputa entre 4º e 5º.

Nas semifinais, os classificados das quartas de final encontrarão os melhores da primeira fase, formando outras duas novas chaves: Grupo D, 1º de A X 1º de C, e Grupo E, 2º de A X 1º de B, e os vencedores decidirão o título da temporada. A novidade em relação às edições anteriores será o retorno ao playoff melhor de três jogos a partir das quartas, acabando com o Golden Set. Os protocolos de combate à Covid-19 serão seguidos em todas as fases da competição.

 

Pinheiros na 1ª Fase do Campeonato Paulista

27/8 – Barueri 1 x 3 Pinheiros – 19h

03/9 – Pinheiros x Sesi Bauru – 20h – Poliesportivo

10/9 – Osasco São Cristóvão x Pinheiros – 20h – SporTV

17/9 – Pinheiros x Energis 8 São Caetano – 20h – Poliesportivo

23/9 – Atacadão São Carlos x Pinheiros – 19h30

 

Elenco do Pinheiros 2021/22 (última equipe)

Levantadoras

Carolina Leite – 29 anos, 1m72 (Sesi Bauru)

Rosely Nogueira – 20 anos, 1m75 (Fluminense)

Isis Simonetti – 18 anos, 1m73 (Pinheiros)

Líberos

Érica Lima – 25 anos, 1m66 (Osasco)

Isabela Araújo – 17 anos, 1m77 (Pinheiros)

Ponteiras

Tália Costa – 24 anos, 1m80 (São José dos Pinhais)

Sonaly Cidrão – 28 anos, 1m81 (Osasco)

Camila Mesquita – 21 anos, 1m81 (Minas Tênis)

Vitória Parisi – 19 anos, 1m83 (Barueri)

Opostas

Carolina Grossi – 19 anos, 1m92 (Barueri)

Yasmin Sánchez – 20 anos, 1m82 (Franca)

Edinara Brancher – 25 anos, 1m86 (Pinheiros)

Centrais

Dani Suco – 34 anos, 1m85 (São José dos Pinhais)

Larissa Gongra – 29 anos, 1m90 (São José dos Pinhais)

Victória Justi – 20 anos, 1m96 (Barueri)

Gabriela Martins – 25 anos, 1m85 (Pinheiros)

Kelly Gomes – 20 anos, 1m90 (Flamengo)

 

Foto: Tália na recepção, Kika e Sonaly (@_psports)


Heinz