fernando-e-sorocaba-_-divulgacao-2017_-por-fernando-hiro-4

Com uma década de carreira, 11 discos lançados e diversos sucessos (também nas vozes de outros artistas), Fernando & Sorocaba é uma das principais duplas do concorrido cenário da música sertaneja. Os cantores, que serão atração do dia 23 de junho na Festa Junina do Pinheiros, conversaram com a Revista sobre música, composição e sucesso.

Vocês gostam de Festa Junina? Têm alguma lembrança dessa época?

Fernando: Sim, adoramos. É uma época muito animada e os festejos são diferentes em cada região, mas nunca perdem a essência junina. A lembrança é da comida boa, da música animada e, claro, ‘da quadrilha’.

O que o público pinheirense pode esperar do show na Festa Junina?

Sorocaba: Iremos levar um show muito animado, com os nossos grandes sucessos, além das canções românticas que não podem faltar. Nossa Tour 2017 tem no set list: É Tenso, As Mina Pira, Casa Branca, Madri, Notícia Boa, e nossa nova música de trabalho Luzes de São Paulo.

O que não pode faltar em um show de vocês?

Fernando: Animação e muita energia linda. Aproveitamos a oportunidade para convidar todo mundo para curtir conosco essa Festa Junina, num local tão tradicional paulistano como o Clube Pinheiros.

A dupla foi formada há dez anos. O que motiva subir ao palco a cada show?

Sorocaba: O amor que temos pela música e por nossos fãs. Recebemos tanto carinho ao longo da nossa carreira que não conseguimos descrever e, portanto, buscamos melhorar cada vez mais.

O gênero sertanejo é o mais popular do Brasil e surgem muitas duplas todos os anos. Como vocês fazem para se manter nesse cenário?

Fernando: Buscamos inovar sempre. Fazer tudo com amor e dedicação também conta muito. E, claro, uma moda boa faz toda diferença. Mas acreditamos que tem espaço para todo mundo e quem ganha com essas novidades é o público.

Vocês se inspiram em novas duplas?

Fernando: Claro. Sempre temos algo a aprender. É muito bonito ver essa nova geração chegando com ideias diferentes e que acabam nos inspirando.

Qual a marca de vocês em relação às outras duplas, tanto a mais antiga quanto a mais atual?

Fernando: Nós sempre buscamos a inovação. Uma grande marca da dupla Fernando & Sorocaba é aliar boa música à diversão e a grandes efeitos especiais.

Como vocês trabalham a questão da tecnologia na música?

Fernando: Nós gostamos muito de aliar música à tecnologia. Isso é uma marca registrada da dupla. Às vezes, é apenas uma sacada que faz toda diferença.

Como administram o sucesso?

Sorocaba: Estamos vivendo tudo que sempre sonhamos para nossa carreira. Temos o pé no chão e a consciência de que temos sempre que melhorar e entregar o melhor para o nosso público.

Qual o segredo para trabalhar em dupla?

Fernando: Tivemos uma identificação pessoal na hora em que nos conhecemos. Nos damos muito bem, somos muito amigos, parceiros, praticamente irmãos. Sabemos respeitar o espaço um do outro e acho que esse é um dos grandes segredos para um bom relacionamento.

Como é compor hoje e como era compor no começo de carreira?

Sorocaba: Comecei a compor com 14 anos e, na época, minha inspiração era o campo, a natureza. Hoje, me inspiro em coisas que já vivi ou nas quais meus amigos já viveram. Situações do dia a dia, um livro, um amor, coisas do tipo.

Qual é a sensação de ouvir uma música sua na voz de outros artistas?

Sorocaba: É maravilhoso ter uma canção que nós escrevemos ganhando nova vida. Escrevemos com muito carinho e, às vezes, até pensando em quem queremos ver cantando a nova música. Quando isso acontece, é uma realização pessoal e profissional.

Qual a música de que você tem mais orgulho de ter composto?

Sorocaba: Muito difícil eleger apenas uma. Todas as músicas são especiais e marcaram um momento. Mas, se for para destacar uma, acho que Madri, pois foi um divisor de águas na nossa carreira.

Existe uma fórmula para fazer hits?

Sorocaba: Não, não existe, mas acredito que a música tem que ter um diferencial, uma boa produção, bons músicos. Cabe ao compositor estar atento às tendências do mercado, ao que está rolando, para apostar em algo que acredita que pode ser um hit. Mas, você adiantar que uma música vai ser um sucesso antes de chegar ao público, é impossível.

É diferente escrever uma música para outro artista?

Sorocaba: Depende. Costumo dizer que tem música que já tem um “endereço certo”, ou seja, assim que estou compondo, já sei na voz de quem ficará perfeita. Outras músicas já não, o processo acaba sendo natural, mas, quando menos esperamos, faz sucesso na voz de algum companheiro.