Revezamentos do Pinheiros demonstram superação e versatilidade

O Clube conquistou mais 12 medalhas no segundo dia de Troféu Brasil, sendo que Altobeli além de contribuir para o resultado, garantiu índice para o Mundial de Doha

Bragança Paulista (SP) – Após dois dias de competições o Pinheiros já soma 24 medalhas no Troféu Brasil de Atletismo deste ano. As disputas seguem neste sábado e domingo e por enquanto o Clube já tem entre seus atletas 11 campeões brasileiros em suas respectivas provas, mais os revezamentos 4×100, além de ter confirmado mais dois nomes para o Mundial de Doha. Rosângela Santos, que na quinta correu os 100m rasos em 11s23 e garantiu o índice e Altobeli da Silva, que garantiu a qualificação nesta sexta-feira (30), após concluir os 3.000m com obstáculos em 8m28s66.

Altobeli que em Lima já havia tido uma ótima atuação nos 3.000m com obstáculo, firmando-se como campeão pan-americano, além da prata nos 5.000m, conta que irá ao Mundial ainda mais motivado, depois de toda a energia positiva que recebeu após o Pan.

“Vou representar o meu país no Mundial e isso me deixa muito feliz. No Pan recebi muitas mensagens pelas redes sociais, que me estimularam bastante. O pessoal dizia que faziam 24 anos que um brasileiro não ganhava um ouro na minha prova em um Pan e isso me motivou a focar no meu objetivo”.

O atleta ainda tem mais um compromisso no Troféu Brasil, pois também irá correr a prova dos 5.000m rasos no domingo (01) e logo após isso, já começa a focar totalmente no novo desafio que tem pela frente, desta vez valendo uma conquista mundial.

Quem também cumpriu com o dever na competição nacional e agora já começa a se preparar para Doha, foi a saltadora em distância Eliane Martins. Apesar de não ter subido no pódio em Lima, ela vem fazendo uma ótima temporada este ano, tendo inclusive feito em abril a melhor marca mundial de 2019 (até aquele momento), ao saltar 6,74m.

Outros destaques do Pinheiros nesta etapa de sexta-feira do Troféu, foram os revezamentos feminino e masculino do 4×100. Entre as meninas, o revezamento teve motivos extras para comemorar, já que na edição passada haviam ficado com o vice-campeonato e desta vez garantiram o alto do pódio. Além disso a prova também trouxe o retorno das veteranas Kauiza e Ana Cláudia, que em 2018 não competiram por lesão.

No masculino, o Clube demonstrou que tem versatilidade e que pode contar com várias peças do seu elenco, não tendo corrido com a sua formação tradicional do revezamento. Paulo André e Derick, foram os únicos da formação campeã do Troféu Brasil de 2018, mas mesmo assim o Pinheiros repetiu o resultado e garantiu o ouro novamente.

As programações deste sábado para o Pinheiros começam a partir das 13h30 com a prova de 110m com barreiras do decatlo, onde o Clube tem dois representantes: Jefferson dos Santos e Luiz Alberto de Araujo. Nesta etapa estão previstas mais seis finais e no domingo, o último dia do Campeonato, serão mais trezes disputas por medalhas.

O Pinheiros até o momento já conquistou 21 medalhas (13 ouros, 6 pratas e 2 bronzes) e está na liderança entre os Clubes com 295 pontos, sendo 140 com o masculino e 155 com o feminino.

Confira os resultados do Pinheiros no segundo dia de competição:

400m Feminino

Joelma das Neves Sousa – Prata (53.67)

Ana Maria Rodrigues Lopes – Bronze (54.11)

 

400m Masculino

Peterson dos Santos– Bronze (46.47)

 

Salto em Distância Feminino

Eliane Martins – Ouro (6.40)

 

Lançamento do Dardo Feminino

Laila Ferrer e Silva – Ouro (58.71)

 

3000m com Obstáculos Masculino

Altobeli Santos da Silva– Ouro (8.28.66)

Jean Carlos Dolberth Machado – Prata (9.00.19)

 

Arremesso do Peso Feminino

Geisa Rafaela Arcanjo – Ouro (17.73)

Keely Christinne Pinho Rodrigues Medeiros – Prata (16.55)

 

Revezamento 4x100m Feminino

Kauiza Moreira Venancio, Bruna Jessica Oliveira Farias, Franciela das Gracas Krasucki Davide e Ana Claudia Lemos Silva – Ouro (44.69)

 

Revezamento 4x100m Masculino

Hederson Alves Estefani, Aldemir Gomes da Silva Junior, Derick de Souza Silva e Paulo Andre Camilo de Oliveira – Ouro (39.07)

 

Salto em Distância Masculino

Tiago da Silva – Ouro (7.61)