Universíade: Pinheirenses de Ouro

Na última sexta-feira (12), o atletismo do Esporte Clube Pinheiros continuou se destacando e conquistando medalhas na Universíade que foi disputada em Nápoles, Itália. Gabriel Constantino foi ouro na prova dos 110m c/ barreiras, com o tempo de 13s22, apenas 4 centésimos acima da sua melhor marca na carreira.

No sábado (13), último dia de competições, o atletismo brasileiro esteve na final do 4x100m, mas acabou em sétimo após Paulo André, que encerraria o revezamento brasileiro, se contundir, sentindo o músculo posterior da coxa. Segundo informações do diário ‘Lance!’ Paulo André afirmou que foi só um susto e que ele parou por precaução.

Resumo da competição:
Os atletas pinheirenses ajudaram o Brasil a conquistar 10 medalhas de um total de 17, distribuídas entre atletismo, natação e judô.
Foram cinco medalhas de ouro, todas obtidas por atletas do Clube, duas de prata e três de bronze. Essa foi a melhor campanha do Brasil na Universíade desde 2011, em número de medalhas. Já em número de ouro, a edição de 2019 também foi um recorde.

Confira todas as medalhas do Pinheiros:

Atletismo

Mateus Sá (Salto Triplo) – Prata

Paulo André (100m rasos) – Ouro

Paulo André (200m rasos) – Ouro

Gabriel Constantino (110m c/ barreiras) – Ouro

Alisson dos Santos (400m c/ barreiras) – Ouro

Judô

Willian Lima (Meio Leve Masculino– 66kg) – Bronze

Sibilla Faccholli (Absoluto Feminino +78kg) – Bronze

Natação

Jhennifer Conceição (50m bruços) – Ouro

Iago Moussalem e Pedro Cardona (4x100m Medley) – Bronze

Luiz Gustavo Borges, Gabriel Ogawa e Felipe Ribeiro (4x100m Livre) – Prata

 

Fotos: Raul Vasconcelos/rededoesporte.gov.br