fbpx

Pinheirense Nathalie Moellhausen faz história no Mundial de Esgrima

 Nathalie Moelhausen conquista o ouro no Mundial de Esgrima em Budapeste, e entra para história como a primeira Brasileira medalhista.

Nesta quinta-feira (18), a pinheirense Nathalie Moellhausen venceu a disputa no Individual de Espada Feminina no Mundial de Esgrima, em Budapeste após vencer a chinesa Sheng Lin, por 13/12, no Golden Score. Depois de uma disputa acirrada, o duelo ficou empatado em 12 a 12, mas na prorrogação Nathalie conseguiu o toque e conquistou o ouro, além do feito inédito na história da esgrima brasileira.

A esgrimista do Pinheiros passou por uma sequência de vitórias durante o torneio, até chegar nas semifinais, onde enfrentou a Vivian Kong, terceira colocada no ranking mundial, e venceu por 15/11. Na sequência superou nas quartas de final, a competidora Lis Rottler por 11/10.

Nathalie tem 33 anos, é italiana e naturalizada brasileira e até o momento encontrava-se na 22ª posição do ranking mundial, mas após o resultado obtido na competição subirá algumas posições na classificação,  já visando a Olimpíada de Tóquio 2020.

O mundial de esgrima continua até o dia 23 de julho e de lá a atleta  seuge para seu próximo compromisso nos Jogos Pan-Americanos de Lima, que no caso da esgrima as disputas acontecem entre 05 e 10 de agosto. A esgrimista que não é novata na competição, já carrega na bagagem uma medalha de bronze, conquistada em 2015 no Pan de Toronto.

 

Resultados obtidos no Mundial de Esgrima na Hungria

Vitórias na fase preliminar

Violetta Khrapina (RUS)

Paria Mahrokh (IRL)

Kaylin Sin Yan Hsieh (HKG)

Eliana Lugo (VEN)

Vladislava Andreyeva (CAZ)

Tamara Chwojnik (ARG)

Renata Knapik-Miazga (POL)

Mingye Zhu (CHN)

 

Vitórias na reta final

Oitavas: Alberta Santuccio (ITA) – 15 x 14

Quartas: Lis Rottler-Fautsch (LUX) – 11 x 10

Semifinal: Man Wai Vivian Kong (HKG) – 15 x 11

Final: Sheng Lin (CHN) – 13 x 12

 

Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB