Fim do segundo mandato e a sensação é de dever cumprido e o sentimento é de ter deixado o nosso melhor neste período de dedicação intensa e muito trabalho à frente do Esporte Clube Pinheiros.

As conquistas registradas nesses quatro anos fazem parte de uma parceria da Diretoria, que muitas vezes colocou o Pinheiros à frente das vontades pessoais, com o Conselho Deliberativo, que sempre apoiou nossas propostas de forma harmoniosa e independente, e com os funcionários, que colocaram em prática e fizeram acontecer a pauta das muitas realizações desta nossa missão.

A busca pela excelência foi a marca desta gestão. Atuar de perto com todas as áreas e ter como objetivo atender e até superar expectativas do Corpo Associativo foram as metas fundamentais do nosso planejamento.

Após quatro anos, a certeza de ter escrito mais um capítulo vitorioso, dentro da história do Clube, poderia ser relatada em números, apontada em obras ou mensurada em melhorias. Mas, o melhor registro ocorre quando andamos pelas Alamedas, participamos dos eventos sociais e esportivos e encontros pessoais em que apuramos a aceitação de nossos projetos e a satisfação dos pinheirenses.

Presidir o maior clube poliesportivo da América Latina foi, ao mesmo tempo, o maior desafio da minha vida e a maior satisfação pessoal e profissional. Como associado, sabia que não seria tarefa fácil, mas as conquistas foram maiores que as dificuldades.

O bem-estar do associado foi a mola mestra que impulsionou cada ação e promoveu as melhorias e medidas que tomamos. Nosso programa atendeu desde os pequenos pinheirenses, futuro do Clube, até os Veteranos, que ajudaram a construir essa instituição reconhecida internacionalmente.

A evolução nos serviços e a modernidade na criação de novos espaços, hoje, fazem parte do dia a dia do Corpo Associativo. Da construção do Complexo da Faria Lima ao desenvolvimento de um novo sistema para agilizar a fila de espera da Natação, tudo faz parte de um adequado planejamento.

O respeito com a contribuição dos associados está nas obras entregues e nas que estão em andamento. Melhorar a infraestrutura foi a forma que encontramos para acompanhar os novos tempos e os anseios dos pinheirenses.

Quero deixar meu agradecimento especial ao Presidente do Conselho, José Manssur, que durante esses quatro anos participou de forma independente e harmoniosa da nossa gestão. Essa troca de experiência foi fundamental para o desenvolvimento do Clube. Administrar ao lado de uma pessoa íntegra, competente e comprometida com os valores humanos foi fundamental para fortalecer a história vitoriosa do Pinheiros.

Gostaria também de agradecer à minha família pela colaboração e compreensão neste período de muita responsabilidade e trabalho frente à Presidência do Pinheiros. Estendo meus agradecimentos ao Vice-Presidente, Arnaldo Couto de Magalhaes Ferraz, a toda Diretoria, aos Assessores e aos Funcionários. O apoio de todos foi fundamental e trouxe-me vigor para, a cada dia, ter a percepção adequada para executar cada proposta.

Desejo mais vitórias ao meu sucessor e à nova Diretoria que, em breve, terão o orgulho e a satisfação de representar o Pinheiros, um lugar privilegiado em todos os sentidos. Faço votos para a que nova Gestão mantenha o compromisso assumido há quatro anos e continue fazendo do Pinheiros um clube cada vez melhor.

Pinheiros, um clube comprometido com o associado.

Maio 2015