No sapateado, um dos segredos está no aspecto psico-afetivo. Com a liberação de endorfina – hormônio da alegria – ela proporciona bem estar imediato e bom humor. Por sua prática ser em grupo, a socialização combate a timidez, eleva a autoestima e ativa para uma mente mais saudável, diminuindo o estresse numa forte sensação de diversão.

O outro segredo está no trabalho corporal. Por ser uma atividade aeróbica, ativa o sistema cardiovascular, acelerando o metabolismo e tendo uma relativa perda de peso e até prevenindo doenças como o osteoporose.

Para executar alguns passos, o equilíbrio, a postura e a flexibilidade também são solicitados e com isso, há um ganho de tônus muscular.

De uma forma geral, a coordenação motora é exigida integralmente, pois o foco está especificamente, no movimento dos pés. Sendo assim, há necessidade de memorização dos passos ativando o raciocínio e exigindo muita concentração.

O terceiro segredo está no ganho da musicalidade e do ritmo, pois os sons produzidos se tornam um instrumento de percussão. O último segredo é que o sapateado é a modalidade da dança mais democrática que conheço. Se  seu físico não estiver favorável pra dançar – aquele acima de peso ideal; se não tiver um parceiro para te acompanhar; se sua idade já ultrapassou os 7 anos e ainda não chegou aos 99; se por alguma circunstância da vida estiver deprimido; se ainda não começou uma atividade física prazerosa; se está à procura de uma boa terapia; se quiser aumentar seu círculo social; se é do mundo da artes – bailarino, músico, cantor ou ator, compre seu sapato!!!

Bora lá fazer barulho e alimentar a alma!

Conheça as Aulas de Sapateado do ECP: Cursos - Aulas de Sapateado


Foto: divulgação