Água de beber, água de nadar, água de lavar; nada é tão presente quanto a água em nosso dia-a-dia. E em tempos de escassez a palavra economia está em primeiro plano em nossos dias, acompanhada de um significado muito maior do que de costume. Economizar agora é sinônimo de respeito, respeitar os limites e a atual situação para que não falte agora ou futuramente. Então vamos adotar o lema “menos é mais”: menos torneira aberta, mais consciência.

E pensando nisso, o Clube Pinheiros colheu depoimentos de alguns atletas e personalidades, que contaram como estão utilizando o lema “menos é mais” em suas casas e até mesmo nas dependências do Clube.

Todos os depoimentos estarão disponíveis na edição de abril da revista, porém separamos um trecho do ator e pinheirense Odilon Wagner, e da apresentadora Adriane Galisteu.

odilon

"Como moro em um condomínio, primeiro convocamos uma reunião para conscientização de cada um e dimensionar o problema. Depois passamos para as ações práticas: verificar os canos dos aptos, pois um buraquinho de 2 mm em um cano desperdiça 96 mil litros em um mês (praticamente dez carros-pipa de água limpa e tratada).

Em um dia, a quantidade do recurso jogada fora daria para lavar todas as roupas que você precisa na máquina de lavar. Sim, procure um profissional, porque certamente você está com vazamentos em casa. No condomínio compramos caixas de água para captarmos água da chuva para fazer a limpeza das áreas comuns com essa água de reúso, bem como disponibilizamos baldes e um funcionário para ir buscar e captar a água da máquina de lavar roupa que é desaguada, utilizamos junto com a água captada pela chuva, para limpeza interna.

E o mais simples e fácil para fazer em casa e costumo a fazer na minha, é manjada, mas não custa repetir, já que tem muita gente por aí que ainda desperdiça (muita) água para lavar louça. O ideal é retirar o excesso de sujeira dos pratos, copos, talheres e panelas a seco, antes de abrir a torneira, e jamais deixar a água correndo enquanto está ensaboando as louças."

Galisteu_divulgacao

“Temos que fazer de tudo um pouco já que não fazem pela gente né. Em casa, por exemplo, eu tenho habito de escovar os dentes com a torneira fechada.  Ultimamente,  também não estamos lavando os carros, eles estão super sujos.  Quando estamos no clube, eu nem tomo banho, e dou banho bem rapidinho no meu filho Vittorio, que é pensando nele e no futuro, que a gente precisa economizar hoje“.

Foto: Danilo Borges

E você, como está economizando no seu dia-a-dia? Conta pra gente usando a #SocioConsciente em nossas redes sociais.