Esporte Clube Pinheiros

Ações Ambientais

Os Festejos de aniversário dos 117 anos do Clube receberam o selo de EVENTO NEUTRO por compensarem suas emissões de CO2 no processo de montagem e desmontagem dos eventos.
Eventos Neutralizados:

Corridinha kids
Corrida de rua
Desfile de aniversário
Distribuição de mudas
Bloco de aniversário
Dia da Saúde

Com a finalidade de promover ações ambientais, a Festa Junina de 2016 contou com iniciativas voltadas a coleta seletiva de resíduos, reaproveitamento de matéria prima, conscientização ambiental e neutralização dos gases do efeito estufa emitidos durante a processo de montagem, realização e desmontagem da festa.

O destaque foi o reaproveitamento dos banners de divulgação.  Todos os anos são gerados milhares de banners que acabam sendo descartados após a sua utilização. Com o objetivo de contribuir para a minimização do desperdício e da geração de resíduos os banners receberam uma nova utilidade, pois como apresentam característica impermeável e resistente foi possível usá-los para forrar os balcões das barracas evitando a compra de outros materiais.

Confira algumas curiosidades ambientais sobre a Festa Junina 2016:

25,997 Toneladas de CO2 neutralizados
46.934 Toneladas de recicláveis
170 Litros de óleo transformados em produtos de limpeza
20 Funcionários treinados

meioambiente_junina1

 

meioambiente_junina2

 

 

 

 

 

 

Para comemorar a semana do meio ambiente criamos o movimento ‪‪#‎curtonaturezaecp, todos podem participar, é fácil e divertido!

Tire uma foto de qualquer ambiente do Clube que remeta à natureza (arvores, flores, animais etc.) Publique a foto em sua rede social (Facebook, Instagram ou Twitter) de forma “pública” ou diretamente na página do facebook do Clube inserindo a hashtag ‪#‎curtonaturezaecp. Sua foto será compartilhada com os demais participantes e formaremos um painel comemorativo de meio ambiente nas demais mídias do Clube.

Engajado nas questões ambientais, o Clube planeja ações voltadas aos associados

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, é a data mais importante de ações sobre o meio ambiente em todo o mundo. O tema abordado em 2016 é o da luta contra o comércio ilegal de animais silvestres, com celebrações sediadas em Angola, na África. E o Pinheiros, uma vez mais, levará, aos associados, informações que mostram o seu compromisso em reduzir continuamente o impacto que seus serviços causam à natureza.

Confira a programação para a semana entre 5 e 11 de junho e participe

 - Exposição de livros relacionados ao tema meio ambiente, na Biblioteca da Sede Social

- Preparação, na Confeitaria do Clube, de geleias produzidas com cascas de frutas– exemplo de alimentação sustentável

- Movimento #curtonaturezaecp para que os associados compartilhem e curtam fotos de natureza do Clube nas redes sociais

- Exibição do filme de animação Wall·E, ganhador do Oscar de 2009, que retrata a história de dois robôs diante de um cenário de grande impacto ambiental, causado pelos resíduos gerados pela humanidade. Auditório do CCR, em 11 de junho, sábado, 15h. Haverá distribuição gratuita de pipoca.

 

 

O Clube Pinheiros, através da área de Meio Ambiente está buscando cada vez mais envolver os associados, funcionários e terceiros com maiores informações a respeito de nossas instalações e ações voltadas a área ambiental e de sustentabilidade. Desta forma, gostaríamos de compartilhar com vocês o cuidado que o nosso Mini zoo recebe diariamente através de uma equipe de profissionais capacitados para garantir o bem-estar animal.

Possuímos uma equipe de profissionais que realizam o manejo nutricional de todas as espécies de aves existentes, incluído frutas, legumes, verduras e ração em sua alimentação diária. Outros alimentos, como sementes, em especial: a “Girassol” não fazem bem a saúde animal, pois são ricas em gorduras e pobre em nutrientes, podendo ainda estarem contaminadas por fungos e causarem doenças.

Agradecemos por nos ajudar a manter a qualidade de vida das aves. Não alimente – as, todas elas são bem cuidados com carinhos e atenção

Essas são as quantidade de água necessária para a prática dos esportes aquáticos no Clube.

Saiba que o clube utiliza bem o recurso hídrico também nas piscinas, que são importante palco de lazer e treino dos esportes aquáticos.

Em 22 de março é comemorado o dia mundial da Água e, comprometido com os esportes aquáticos, o Pinheiros não pode ficar de fora desta data importante.

As atividades na água são uma excelente opção de relaxamento, diversão e exercício físico. Na vitoriosa trajetória olímpica pinheirense, seis medalhas foram conquistadas na água.

Atualmente, o Clube disponibiliza 11,4 milhões de litros de água para as atividades de lazer e para a prática
de Natação, Polo Aquático, saltos Ornamentais e hidroginástica.

Em tempos de escassez de recursos naturais, todo o Clube está envolvido para que a gestão da água, nos esportes ou uso em geral, seja cada vez mais eficiente: em 2015, o Pinheiros fez sua parte e atingiu uma economia de consumo de 26% em relação ao ano anterior, garantindo água com qualidade para manutenção de todas as necessidades do Clube.

 

O maior clube poliesportivo da América Latina tem se destacado, além do esporte, na conservação do meio ambiente. Aliando crescimento com sustentabilidade, o Pinheiros conseguiu minimizar os impactos ambientais em 2015. Monitoramento do  uso de recursos naturais, disseminação de boas práticas ambientais e processos que reduzem o  consumo de energia, água e matérias-primas foram alguns dos temas em pauta no ano passado. O objetivo é melhorar o nível de conformidade e introduzir práticas sustentáveis no dia a dia do  Clube. Para tanto, um comitê especial, com a participação do Presidente, Roberto Cappellano,  Diretores e Funcionários, foi criado para definir as diretrizes, avaliar assuntos estratégicos e  aprovar as iniciativas que envolvam e valorizem os aspectos ambientais. Com esse planejamento, o Clube conseguiu reduzir  o impacto no meio ambiente e garantir benefícios ao Corpo Associativo.

DE OLHO NA META
Uma auditoria foi realizada por especialistas externos para identificação da porcentagem alcançada de atendimento aos requisitos ambientais aplicáveis às atividades do Clube, frente às legislações ambientais de âmbito federal, estadual e municipal.

42% - de atendimento a requisitos ambientais, até fevereiro de 2015.

74% - de requisitos legais, atendidos até dezembro de 2015

32% - de avanço em 10meses

CAMPANHA DA ÁGUA
Para reduzir o gasto desse recurso no Clube, diversas ações foram implementadas, como redução de  regas e limpeza de alamedas, instalação de redutores
de vazão, descargas econômicas, instalação de medidores individuais nos prédios, substituição de toalhas de tecido por papel, nos Restaurantes, e distribuição de materiais informativos de conscientização.

*Redução de 30% (68 milhões de litros) do consumo em relação a 2014

Padrão Verde
 Foram definidos procedimentos e diretrizes para alteração do aspecto paisagístico e manutenção do patrimônio arbóreo do Clube, incluindo registros fotográficos, validação entre áreas e órgãos competentes, melhoria da comunicação interna e com os associados. O Pinheiros conta com aproximadamente 3 mil exemplares de árvores nativas, como figueiras, pitangueiras e jabuticabeiras, entre outras espécies exóticas. O verde do Clube é monitorado por um especialista técnico (Engenheiro Agrônomo) e, quando necessário, órgãos competentes, como o Instituto Biológico de São Paulo, são consultados. Em 2015, algumas intervenções arbóreas foram necessárias, devido à identificação de pragas, com retirada de algumas espécies e imediato plantio de outras, em substituição.

Plantio de 5 Ipês, 3 Jabuticabeiras e 1 Pau-Mulato, para revitalização da área do Parquinho Infantil, ação que incluiu realização de palestra de esclarecimento e conscientização. Plantio de 1 Ipê, após remoção de uma árvore exótica, a Flamboyant, da Portaria Principal, devido ao comprometimento de sua estrutura, infestada por praga.

Festa Junina Sustentável
O maior evento pinheirense recebeu o selo de Evento Neutro, programa voluntário de responsabilidade socioambiental para organizações e pessoas conscientes sobre o problema das mudanças climáticas. O Clube compensou o impacto da Festa, adquirindo créditos de carbono por meio de projetos
certificados internacionalmente e ainda realizou reciclagem de resíduos e destinação adequada. Compensação da emissão de 28 toneladas de dióxido de carbono (CO2), produzidos pela montagem e desmontagem da Festa. Coleta seletiva de 2,3
toneladas de resíduos, com destinação adequada, em parceria com uma cooperativa de catadores que beneficia mais de 100 famílias.Reaproveitamento de 250 litros de óleo para fabricação de produtos de limpeza.

ECP_213

ECP_213_A

Pró-MEIO AMBIENTE
O comitê criado tem como objetivo a definição de diretrizes, avaliação de assuntos estratégicos e  aprovação de iniciativas que envolvam aspectos ambientais e/ou causem impacto ao meio ambiente. Gestão de resíduos, eficiência energética e combate ao desperdício são alguns dos assuntos discutidos nas reuniões mensais, lideradas pela Presidência.

Membros do comitê: Presidência, Assessoria de Planejamento, Diretoria da Área Administrativa, Diretoria de Área de Patrimônio, Diretoria de Campo, Diretorias- Adjuntas de Meio Ambiente e de Sustentabilidade e gestores internos convidados.

Central de Compostagem 
O Clube promoveu, no mês de aniversário de 116 anos, mais uma ação para minimização dos impactos gerados na destinação de seus resíduos orgânicos: um processo de compostagem, com aproximadamente 3 toneladas de restos de alimentos, que foram transformados em adubo.

Em parceria com o Jardim de Infância Tia Lucy, a ação promoveu, também, a educação ambiental para 250 alunos pinheirenses. Além disso, parte do jardim da Praça das Artes foi adubado com o composto orgânico produzido no Pinheiros.

- 3.000 quilos de alimentos compostados
- 750 visitas de Associados
- Redução de 90% do volume de resíduos
- 13 Palestras expositivas

ECP_213_C

ECP_213_D

SEMEANDO O VERDE
Distribuição de 2 mil mudas no mês de aniversário do Clube,  mais precisamente no dia 19 de setembro. Esta ação já é uma tradição do Pinheiros, em comemoração ao Dia da Árvore.

Arte e Natureza 
A 24ª edição do evento, realizada em parceria com o Departamento Cultural e com selo sustentável, contou com diversas atividades de temática ambiental, destacando-se as seguintes. Neutralização de carbono: o Arte & Natureza recebeu o selo de Evento Neutro, assim como a Festa Junina, que comprova a neutralização do impacto ambiental no processo de montagem e desmontagem do evento. Oficinas de reciclagem: com o propósito de ensinar o uso sustentável de materiais que poderiam  prejudicar o meio ambiente, foram realizadas oficinas de reciclagem com garrafas pet.

Doação de composto orgânico.
ECP_213_E

O Futuro ainda mais Sustentável
Para este ano, o objetivo é intensificar as ações voltadas para a minimização dos impactos  ambientais, além de apoiar as áreas no desenvolvimento de  planos e implementação de ações que permitam melhorar o nível de conformidade com os requisitos e as leis ambientais, bem como introduzir atividades socioambientais sustentáveis.

1 - Estudo para criação de uma área específica para armazenamento de resíduos sólidos e líquidos.

2 - Avaliação de novas alternativas para destinação ambientalmente correta dos resíduos gerados no Clube.

3 - Melhoria na manutenção e aquisição de coletores de resíduos.

4 - Desenvolvimento do plano de atendimento a emergências ambientais.

5 - Estudos para viabilização de Usina Geradora de Energia a Gás.

6 - Estudo para modernização/otimização do consumo de energia elétrica.

 

O evento Arte e Natureza chegou à sua 24ª edição (no dia 28/11/15 na Praça das Artes). As atividades culturais foram aliadas à temática ambiental, destacando-se as seguintes ações:

Neutralização de Carbono.
O evento recebeu o selo de “Evento Neutro” por neutralizar o impacto ambiental do seu processo de montagem e desmontagem. O Clube Pinheiros se responsabilizou em quantificar e compensar 100% das emissões de CO2 através da compra de créditos de carbono do projeto Ecomapuá Amazon (REDD). O principal objetivo é evitar o desmatamento dentro de uma área de 86.269 hectares, ao longo dos 30 anos de vida do projeto, além disso, uma parte dos créditos de carbono gerados será dedicada a melhorar as condições sociais e ambientais das comunidades locais.

1

Oficinas de reciclagem – aprendendo a ser sustentável
Foram realizadas oficinas de reciclagem com garrafas pet com o propósito de ensinar, sensibilizar e ainda garantir lindos enfeites natalinos com o uso de materiais que poderiam prejudicar o meio ambiente, se descartados incorretamente.

APRENDENDO A SER SUSTENTAVEL 2

 

Toda a atividade de reciclagem foi realizada em parceria com a ONG Mensageiros da Esperança que já atuam há 17 anos com trabalhos socioambientais.

Doação de composto orgânico
Realizamos doação de composto orgânico produzido internamente a partir do processo de compostagem realizado em set/15 durante os festejos de aniversário do clube, no qual destinou-se de forma ambientalmente correta aproximadamente 3 toneladas de restos de alimentos que se transformaram em adubo.

2

Adubação de jardim com composto orgânico produzido internamente
Parte do jardim da Praça das Artes foi adubado com um composto orgânico produzido aqui no Esporte Clube Pinheiros. Esta iniciativa faz parte do projeto de compostagem realizado em set/15 durante os festejos de aniversário do clube.

JARDIM

O espaço do “MINI ZOO” do Pinheiros, existe desde a década de 30. Todas as espécies foram doadas por associados, as leis ambientais eram menos rigorosas, cenário que permitiu tal iniciativa.

Com o passar dos anos, o Clube precisou adaptar sua infraestrutura à evolução das leis ambientais. Assim, em 2015, o Clube recebeu a “Autorização de Manejo de Fauna Silvestre” emitida pelo Ministério do Meio Ambiente. Neste documento constam diversas condicionantes para a manutenção da fauna existente; entre elas está a proibição de recebimento de doações animais.

Os animais do Mini Zoo são identificados através de micro chip ou anilhas numeradas. Sua infraestrutura atual conta com apoio de profissionais especializados incluindo biólogo, veterinários e tratadores.

O Clube Pinheiros e todos os seus usuários são responsáveis por cuidar e respeitar estas espécies e seu espaço.

Venham conhecer nosso Mini Zoo!!

 

A intenção desta data é fazer com que as pessoas reflitam sobre os problemas causados pelos automóveis e reduzir seu uso, incentivando o transporte coletivo, o uso de bicicletas e boas caminhadas.

O número de veículos automotores circulando nas grandes metrópoles cresce a cada dia e contribui para congestionamentos, poluição sonora devido às buzinas e poluição atmosférica gerada pelos escapamentos.

Estima-se que 40% da poluição do ar é causada por veículos movidos a combustível fóssil. Além disto, consequências como desenvolvimento de doenças respiratórias, irritabilidade, sedentarismo e acidentes, podem acontecer.

Ação - Compostagem

O ECP promove no mês do seu aniversário mais uma ação para minimização dos impactos gerados na destinação de seus resíduos. Desta vez, realizando um processo de compostagem de restos de alimentos que serão transformados em adubo, e que posteriormente poderão ser aplicados em nossos jardins.

Esta ação contribui para uma destinação ambientalmente correta, promove o conhecimento e estimula a conscientização ambiental.

* Compostagem é um processo em que microrganismos transformam a matéria -orgânica, num material semelhante ao solo, e que pode ser utilizado como adubo.

20150901_114218

O projeto conta com a tecnologia usada pela Empresa Eccaplan onde restos de alimentos são digeridos em apenas 24h sem a geração de odores ou “chorume” isto se deve ao uso de um produto biológico (não perigoso, não tóxico) a base de micro-organismos que reduzem em até 90% o volume inicial dos resíduos.

O projeto de compostagem acelerada está promovendo também “Educação Ambiental” a todos aqueles que se interessam pelo tema, possibilitando o aprendizado, estimulando a conscientização, para que possamos multiplicar esta prática em outros lugares do nosso convívio.

20150901_105418

botao-meio-ambiente

 

Relatório de Resultados da Ação

Compostagem---festejos-de-aniversário-1-MEIOAMBIENTE_03

eventoneutro_azul_semMarcadagua

Buscando tornar o evento cada vez mais sustentável e contribuir com o desenvolvimento de tecnologias limpas, o Clube Pinheiros se responsabilizou em quantificar e compensar 100% das emissões de CO2 provenientes da montagem e desmontagem do evento, através da compra de Créditos de Carbono.

Você sabe o que são créditos de carbono?

O crédito de carbono é uma espécie de certificado que é emitido quando há diminuição CO2de emissão de gases que provocam o efeito estufa e o aquecimento global. Um crédito de carbono equivale a uma tonelada de CO2 (dióxido de carbono) que deixou de ser produzido.

 

417_2522-alt-floresta amazonica

 

 O Pinheiros adquiriu créditos de carbono do projeto "Floresta Santa Maria - Amazônia", que é  certificado e reconhecido internacionalmente, localizado no Mato Grosso dentro de uma área compreendida como Amazônia Legal, que possuí 71.714 hectares. Visando a prevenção das emissões de aproximadamente 30 milhões de toneladas de CO2 em 30 anos, para contribuir de forma responsável e sustentável para o meio ambiente e sociedade. Saiba mais...

Os participantes da Festa Junina também podem colaborar calculando as emissões de CO2 geradas pelo seu deslocamento, veja como é fácil:

01

Além disso o Clube Pinheiros fez:

- Coleta Seletiva e destinação adequada dos resíduos;

- Reaproveitamento do óleo para fabricação de outros produtos (limpeza);

- Orientação quanto à conduta ambientalmente responsável (Equipes de limpeza e Alimentação).

modelo-botao-site

 

Nesta época de chuvas escassas, o Clube é exemplo no controle do uso desse bem tão precioso

Os noticiários não falam em outro assunto: o tempo todo lembrando da falta d’água em São Paulo. Os reservatórios já atingiram índices recordes negativos e é preciso estar alerta para tomar as medidas possíveis para que este bem não acabe.
Economizar é uma obrigação de todos. Campanhas têm sido criadas para conscientizar
as pessoas sobre a importância de economizar e não desperdiçar, para evitar a falta.
No Pinheiros não poderia ser diferente. Antes mesmo das ameaças de falta, há mais de 20 anos, o Clube faz a sua parte em relação à economia de água. Confira as ações praticadas e veja qual delas pode caber no seu dia a dia.

AÇÕES
Cinco poços tubulares profundos fornecem 24.995 m³/ mês de água, e o consumo da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) gira em torno de
apenas 2.500 m³. Esta ação gera uma economia financeira e diminui o impacto no sistema de abastecimento da cidade.
A comunicação no Clube também se mostra essencial: foram colocados adesivos nos banheiros, perto de torneiras e chuveiros, além de cartazes informativos em locais de grande circulação, divulgação no site, na intranet, newsletter e no aplicativo, estimulando a economia e o consumo consciente da água.

MEDIDAS NO DIA A DIA
- Eliminação da limpeza das alamedas com água.
- Redução da rega dos jardins (antes diária, hoje em dia é feita duas vezes por semana).
- Monitoramento dos zeladores, quanto ao abuso de consumo em vestiários.
- Instalação de redutores nos chuveiros e torneiras dos vestiários.
- Instalação de válvulas de descargas econômicas com duplo acionamento nos banheiros.
- Diminuição do uso de guardanapos e toalhas de tecidos nos Restaurantes (gerando menor necessidade de lavagem)

FUTURAMENTE
- Substituir gradativamente as toalhas e guardanapos de tecido por papel.
- Distribuir camisetas de divulgação, sobre a economia de água, para os funcionários de Campo e de Restaurantes.

DESCARTE DE ÁGUA

Em relação ao “descarte” de água para reforma da piscina olímpica, o Esporte Clube Pinheiros procurou a SABESP previamente, para informar a respeito do procedimento, e já se comprometeu com a empresa de saneamento básico a fornecer toda a água da piscina olímpica para que a mesma possa ser tratada e reutilizada pela população.

Aproveitamos para informar que 90 % de todo o volume de água consumido mensalmente nas dependências do clube é proveniente de cinco poços artesianos instalados em nossa sede, sendo apenas 10% da água proveniente da SABESP.

A preocupação com o consumo consciente da água se faz presente nas ações da diretoria do Esporte Clube Pinheiros há mais de 20 anos e não poderia ser diferente nesse período de grave estiagem.

fluxo_agua_piscinas

Corrida de rua: Aniversário de 115 anos do Esporte Clube Pinheiros.selos_vertical

Às vezes, não nos damos conta, mas mesmo em uma atividade simples de corrida ou alimentação, geramos impactos ao Meio Ambiente. Buscando a conservação ambiental, o “Esporte Clube Pinheiros” realizará o plantio de mudas correspondente ao impacto gerado por este evento.

Esta ação é também conhecida como Compensação de Carbono ou Carbon Free. No programa de compensação de carbono, as emissões de gases de efeito estufa –GEE são compensadas por meio da recomposição da Mata Atlântica, um dos biomas mais ricos em biodiversidade do mundo em áreas de preservação.

A corrida de rua em comemoração aos 115 anos do ECP recebeu o selo “Carbon Free” e um certificado com o número de árvores plantadas e a quantidade de gases de efeito estufa compensada.

 Este projeto pode ser monitorado online através do link: http://www.iniciativaverde.org.br/programas-e-projetos-carbon-free.php, basta inserir a identificação: “ID 3018”.

certificado_ID3018

 Uso de papel semente para comunicação do evento

A comunicação da ação ambiental (compensação de carbono) foi confeccionada em papel semente e disponibilizada junto aos kits da corrida como forma de divulgar e conscientizar os envolvidos.

Você já ouviu falar em papel semente?

Ele tem as mesmas características de um papel reciclado artesanal, mas com um diferencial: possui vida, pois durante seu processo de fabricação esse papel recebe sementes diversas, permitindo que dele germinem plantas e flores.

papel+semente

Instruções para plantio

INSTRUÇÕES-DE-PLANTIO

A data, estabelecida em 1972, pela Assembleia Geral das Nações Unidas, marcou a abertura da Conferência de Estocolmo sobre o Meio Ambiente Humano. Hoje, o 5 de junho é um dia para aumentar a conscientização ambiental nos países de todo o mundo. No Pinheiros não podia ser diferente.

 O Clube tem atuado, a cada dia, contra o desperdício. Está em fase de implantação o Plano de Gerenciamento de Resíduos, que contribuirá para a redução do impacto ambiental e dos custos, melhorando a qualidade do meio ambiente. Perto de 16 toneladas/mês de resíduos recicláveis são transformadas em outros materiais, beneficiando diversas famílias, que atuam em Cooperativas.

 Ainda é preciso, porém, evitar o descarte incorreto de resíduos. O Clube disponibiliza coletores, de material orgânico e de material reciclável, colocadas em diversos lugares e cabe a nós, juntos realizarmos o descarte adequado, contribuindo para a conservação do Meio Ambiente. Contamos com a colaboração de todos!

O espaço arborizado do Clube abriga animais de diversas espécies: de arara azul a periquito australiano e jabuti Tinga

CUIDADO PROFISSIONAL
Dois tratadores treinados tomam conta dos animais, um no período da manhã e o outro à tarde. Um médico veterinário e uma bióloga, ambos especializados nem animais silvestres e exóticos, também são responsáveis pelos habitantes do Mini Zoo. A entrada é controlada por chaves e apenas os técnicos, o veterinário e a bióloga podem entrar. Os recintos possuem área coberta, onde estão os ninhos, comedouros, bebedouros e poleiros que proporcionam abrigo aos animais durante a noite, em períodos de baixas temperaturas e chuvas.
Há também uma barreira física de lonas para os períodos noturnos, que são içadas todos os dias pela manhã e abaixadas no fim da tarde, proporcionando aos animais bem-estar físico, emocional e privacidade à noite. A área descoberta serve como solário, proporcionando banhos de chuvas, necessários para algumas espécies.

Severino e Severina. Esses são os nomes dos dois mais novos pinheirenses, da espécie arara-de-barriga-amarela. Encontrados na América Central, Brasil, Bolívia e Paraguai, agora os pássaros ganharam endereço no Clube, com direito a espaço no Mini Zoo e todos os cuidados.
Com plumagem azul na parte dorsal e amarela na parte ventral, as araras chegaram é já conquistaram os associados. Os novos habitantes do Mini Zoo ECP vêm para comprovar toda a responsabilidade do Clube nos cuidados com os animais. O Pinheiros tem, no total, 14 ambientes, construídos em conformidade com a Instrução Normativa 196, de 20 de fevereiro de 2008, do IBAMA. As características de cada espécie e a densidade máxima ocupacional de cada recinto são respeitadas à risca. Em 2014, os viveiros passaram por uma reforma que os deixaram ainda mais adequados aos animais.
LAR DOCE LAR
A manutenção, conservação e manejo dos animais cativos são garantidos no Mini Zoo. Com ventilação adequada, vegetação em torno dos recintos e limpeza constante dos viveiros, o ambiente é um lar para os pássaros.
Os espaços são feitos de alvenaria, com tela de arame galvanizado e uma malha específica para cada espécie. O piso foi construído de duas formas: uma pequena área do recinto, onde estão localizados os comedouros e bebedouros, é constituída de cimento queimado, com pequeno declive para facilitar o escoamento das águas, enquanto o corredor de segurança possui o piso composto por areia.

Dia Mundial da Floresta - 21 de março - origem e história.

O Dia Internacional da Floresta acontece no dia 21 de março. Devido aos cenários de mudanças e fenômenos climáticos, a árvore vem ganhando cada vez mais importância no contexto da preservação e equilíbrio ambiental, pois uma das formas mais eficientes de combater as mudanças climáticas é plantando árvores. As árvores realizam o sequestro de carbono por meio da fotossíntese, ao mesmo tempo em que lançam oxigênio na atmosfera terrestre, colaborando com a diminuição da temperatura e a renovação do ar. Entre outros benefícios advindos do plantio de árvores está o equilíbrio ecológico, a recuperação de áreas degradadas e a diminuição do processo de assoreamento dos rios.

Preocupados com a preservação do ambiente e com o receio de perderem os benefícios resultantes da fotossíntese das árvores, indivíduos e organizações de todo o mundo tem realizado discussões sobre melhores formas de proteção ao meio ambiente. Algumas dessas discussões geram acordos entre países, cartilhas ecológicas e compromissos sociais, sendo muitos deles facultativos. O Instituto Brasileiro de Florestas – IBF – possui ações voltadas ao plantio de mudas nativas da mata atlântica em todo o território nacional, como o Programa Plante Árvore, que disponibiliza áreas degradadas para que empresas privadas patrocinem o reflorestamento. O resultado tem sido o cultivo de milhares de mudas e sementes, gerando repercussão positiva para as empresas apoiadoras e principalmente benefícios para a flora brasileira. Portanto, neste dia 21 de março, o Dia Internacional da Floresta, faça sua parte! Plante árvores! Apoie campanhas de replantio! Eduque seus amigos a fazer o mesmo! Cuidando do meio ambiente estamos cuidando de nós mesmos.

As florestas nos propiciam:

- Estabilização do clima,
- Proteção de nascentes e mananciais,
- Proteção contra erosão,
- Captação e armazenamento de água subterrânea,
- Purificação do ar,
- Lazer através do ecoturismo,
- Auto-sustentabilidade das comunidades,
- Estudos científicos.

Não podemos ignorar as peculiaridades específicas dos países em desenvolvimento, mas por outro lado, os recursos naturais precisam ser ecologicamente preservados igualmente, do mesmo modo que precisam ser utilizados para o progresso de cada país.
Práticas do Clube.

Em busca de fortalecer a preservação das nossas árvores o Clube possui um controle de cupins para manutenção e controle do patrimônio arbóreo através do sistema Sentricon que são espalhados por pontos estratégicos e monitorado através de um controle de prevenção mensal, mediante registros em relatórios, uma prática que acontece a mais ou menos 8 anos. O Mosquito da dengue é controlado mediante o uso de produtos biológicos e que não são prejudiciais ao solo e a rede pluvial. Periodicamente é feito um tratamento fitossanitário nas árvores que assegura a isenção de pragas e outros malefícios que impedem a preservação das árvores. No dia da árvore o Clube disponibiliza aos seus associados, pequenas mudas de árvores com o objetivo de incentivar o plantio e o aumento do nosso reflorestamento, além de fazer um trabalho de conscientização de preservação do meio ambiente simbolizando o mundo verde.

Valioso recurso natural.

As Florestas constituem um valioso recurso natural renovável gerador de múltiplos bens e serviços da maior relevância para o ambiente, para a economia e para a qualidade da vida dos cidadãos. As suas funções ligadas ao recreio, lazer e turismo assumem importância crescente numa sociedade cada vez menos rural e mais urbana, em que os cidadãos vivem em espaços agressivos e artificiais. As florestas constituem ainda, importantes patrimônios culturais, por sua história, pelas contribuições para a paisagem, pelo patrimônio arqueológico a que estão associadas, pela sua biodiversidade, por seu valor científico e pedagógico. As árvores e as florestas com a sua beleza, diversidade e simbologia são, igualmente, fonte inesgotável de inspiração para o homem. À procura de captar o "espírito da floresta", o homem assumiu as mais diversas expressões culturais na prosa, na poesia, na música, na pintura, na escultura ou na arquitetura. Assiste-se hoje nas sociedades mais desenvolvidas, a valorização crescente das funções culturais, ambientais e recreativas das florestas. As florestas atuais resultam de um longo processo evolutivo de milhões de anos - evolução genética e alterações climáticas - mas desde que o homem surgiu há cerca de 1 milhão de anos, foi ele o grande agente transformador da área e da composição dos espaços florestais primitivos. Além disso, as florestas constituem um dos principais reservatórios de oxigênio da biosfera, uma vez que, através da fotossíntese, transformam o gás carbônico em oxigênio, na presença da luz do sol.

As páginas desta publicação ajudam a preservar o planeta

Desde a edição anterior, a Revista Pinheiros conta como mais respeitado selo verde do mundo: o FSC - Forest Stewardship Council.
O uso do papel certificado pelo Conselho de Manejo Florestal (tradução de FSC) garante, além da qualidade
ambiental e social, que nenhuma árvore seja derrubada ilegalmente, para a impressão da nossa Revista, o veículo de comunicação mais importante do Clube.
O cuidado em preservar o meio ambiente sempre fez parte das pautas das nossas publicações e, agora, também
está presente de forma concreta nessa ação. “Medidas importantes como essa mostram o empenho do Pinheiros em reduzir o impacto de suas atividades sobre o planeta. Aqui, a palavra sustentabilidade é aplicada no dia a
dia. Essa é a nossa melhor forma de mostrar o compromisso com o meio ambiente”, afirma Luís Eduardo Dutra Rodrigues,Presidente do Clube.

Outras publicações nacionais, como a Época e a Casa Vogue da Editora Globo, e internacionais, como a Hola também adotam a cerificação da entidade internacional,criada em 1993, para deter a devastação das florestas.