Com energia renovada, Pinheiros recebe Vôlei Nestlé na Superliga

Primeiro jogo do vôlei feminino do Pinheiros em 2018 será nesta sexta-feira (12) às 21h30 no Ginásio Henrique Villaboim

São Paulo (SP) – Após breve recesso para as festas de fim de ano, a equipe feminina de vôlei do Pinheiros aproveitou a folga na terceira rodada do returno da Superliga para acelerar o ritmo de treinos. A preparação do time durante a semana, tem como meta os ajustes necessários para enfrentar o Vôlei Nestlé nesta sexta-feira (12) às 21h30 no Ginásio Henrique Villaboim, com transmissão ao vivo do Sportv.

Em oitavo lugar e com um jogo a menos, o Pinheiros mantém disputa equilibrada com os times posicionados na faixa intermediária da tabela, em busca de ascensão. A equipe do técnico Paulo de Tarso soma seis vitórias e sete derrotas e para a partida contra o time de Osasco, estará completo com os retornos de atletas que encerraram 2017 lesionadas.

“Estamos treinando com intensidade desde o dia 2 de janeiro. Não dá para baixar o ritmo. Neste ano a Superliga está muito forte e equilibrada, tecnicamente nivelada por cima. Iniciamos mal o returno com derrota em Bauru em um jogo em que a Tifanny fez a diferença. Depois tropeçamos em casa diante do Camponesa Minas”, avalia Paulinho, projetando a recuperação de sua equipe.

Consciente da força do time que ocupa a terceira colocação na Superliga, o treinador do Pinheiros enaltece as virtudes do adversário desta sexta-feira. “Eles têm duas levantadoras campeãs olímpicas (Carol Albuquerque e Fabíola), além das experientes Tandara e Bia. Temos muitos motivos para respeitá-los, mas sei que eles também nos respeitam”, elogia Paulo de Tarso.

O período sem jogos também é visto como fator positivo pela ponteira Mari, esperançosa na reabilitação do Pinheiros. “Ano novo, jogadoras recuperadas e energias renovadas para a sequência do returno. A folga na tabela interfere no ritmo de jogo, mas foi muito boa para a parte física. Não é fácil segurar jogadoras como Bia, Fabíola e Tandara, mas não pensamos em nada que não seja nossa participação no playoff”, assegura a eficiente atacante do Pinheiros.

Foto: Ricardo Bufolin