Judocas recém-chegadas à seleção principal se destacam neste começo de temporada

Representando a seleção brasileira de judô, as pinheirenses Larissa Pimenta (52kg) e Beatriz Souza (+78kg), pelo segundo final de semana consecutivo subiram no pódio conquistando resultados para o Brasil, em Grand Prix’s pela Europa e Ásia. Larissa que completou 20 anos recentemente e Beatriz, que fará 21 no próximo mês, que até então faziam parte das categorias de base (sub21), estão em fase de transição, estrearam oficialmente na seleção principal (adulta) este ano. As jovens têm tido um ótimo início de temporada, com resultados expressivos que permitem que acumulem cada vez mais pontos, visando a colocação no ranking mundial.

Na sexta-feira (05) a meio-leve conquistou um bronze no Grand Prix de Antalya, na Turquia que lhe garantiu mais 350 pontos para melhorar sua 40ª posição. Pimenta venceu três lutas nas preliminares e, por muito pouco, não enfrentou sua compatriota Sarah Menezes. As duas brasileiras chegaram às semifinais, mas não conseguiram avançar à final. A judoca do Pinheiros acabou caindo para a mongol Urantsetseg Munkhbat, que também luta no 48kg, onde é líder do ranking mundial. Na disputa pelo bronze, ela conseguiu um waza-ari e a transição para imobilizar Yulia Kazarina até o ippon e conquistar sua quinta medalha em sete competições.

“Essa competição e essa disputa de bronze foram muito importantes para eu melhorar no ranking mundial. Fiz uma luta dura com a russa. Já tinha lutado com ela em Dusseldorf e, agora, acho que o diferencial aqui foi a cabeça. Eu estava focada desde o início da competição e sabia que eu podia dar o meu melhor”, explicou Larissa.

Já Beatriz foi para o tatame em Antalya, no domingo (07) e encerrou a competição com a conquista de uma prata. Atual número oito do ranking mundial, a peso pesado estreou com vitória sobre a italiana Eleonora Geri, nas oitavas, e passou pela alemã Jasmim Kuelbs, nas quartas. Na semifinal, Bia derrotou Maryna Slutskaya, da Bielorrússia, e só parou na final diante da azeri Iryna Kindzerska, número seis do mundo.

“Fiquei feliz por essa segunda final nesses dois finais de semana seguidos. Quero buscar um degrau de cada vez, ir seguindo e me sentir bem lutando”, projeta Bia.

As duas companheiras de Clube repetiram os mesmos resultados da semana anterior, onde competiram o Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia, onde Larissa também ficou com o Bronze e Bia com a prata.

A próxima competição do Brasil será o Campeonato Pan-Americano de Judô, que acontecerá em Lima, no período de 26 a 28 de abril. Os convocados serão divulgados no próximo dia 11. A disputa vale classificação para os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019.

 

Confira as competições/resultados das atletas neste começo de temporada

 

Grand Prix de Antalya, na Turquia – 5 a 7/04/19

Larissa Pimenta (52kg) – bronze

Beatriz Souza (+78kg) – prata

 

Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia – 29 a 31/03/19

Larissa Pimenta (52kg) – bronze

Beatriz Souza (+78kg) – prata

 

Aberto Pan-Americano de Santiago, no Chile – 8 a 10/03/19

Larissa Pimenta (52kg) – ouro

 

Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia – 15 a 17/03/19

Beatriz Souza (+78kg) – 5º lugar

 

Aberto de Lima, no Peru – 8 a 10/03/19

Larissa Pimenta (52kg) – ouro

 

Grand Slam de Dusseldorf, na Alemanha – 22 a 24/02/19

Larissa Pimenta (52kg) – parou nas oitavas

Beatriz Souza (+78kg) – ficou na primeira rodada

 

Aberto de Oberwart, na Áustria – 15 a 17/02/19

Larissa Pimenta (52kg) – bronze

Beatriz Souza (+78kg) – bronze

 

Grand Slam de Paris – 09 a 10/02/19

Larissa Pimenta (52kg) – 7º lugar

Beatriz Souza (+78kg) – ficou na primeira rodada