A modalidade esportiva mais popular do mundo é sucesso no Clube há anos. A família do pinheirense José Renato de Andrade Martinez, conhecido como Zé Martinez, tem o Futebol no DNA e representa bem a paixão dos associados pelo gramado

Entrar no Clube para jogar bola é uma tradição que passa de pais para filhos e deixa os campos do Pinheiros sempre em jogo. O Futebol conquistou a família do pinheirense José Renato de Andrade Martinez, que tem muitas histórias de conquistas (esportivas e pessoais) e gols para contar.

BOLA NA REDE PRA FAZER O GOL

Em 1980, a primeira seleção do Futebol Menor do Pinheiros viajava para os Estados Unidos. Entre os pequenos jogadores que faziam o intercâmbio estava um artilheiro nato: José Renato Martinez. Com a camisa 9, o centroavante conquistou a primeira artilharia (das cinco na categoria) em 1981, na Sub-9,e foi o primeiro artilheiro do Adulto, com apenas 17 anos, marca jamais alcançada por outro atleta do
Clube.

A história de gols do pinheirense não parou. Zé Martinez participou da categoria Adulto de 1990 a 2001 e alcançou seis artilharias. A partir dos 30 anos, defendeu a camisa do Sênior, quando conquistou mais cinco artilharias. No Master, a partir dos 42 anos, foi artilheiro em 2014. O pinheirense é considerado, hoje, o maior artilheiro do Clube em atividade. Além dos Campeonatos Internos, o jogador defendeu o ECP e conquistou diversos títulos nos Interclubes.

Hoje, é agente da FIFA, empresário de jogador e atua na Ásia e na Europa. Mas nem só de Futebol vive o atleta. O associado tem passagem pelo Polo Aquático, sendo bicampeão brasileiro júnior, bicampeão brasileiro adulto e campeão Sul-Americano júnior na Venezuela. Também participou do Mundial Júnior Sub-20, na Califórnia, do Pan-Americano de Porto Rico e da XIX Universiade, na Sicília/1997.

QUEM NÃO SONHOU EM SER UM JOGADOR DE FUTEBOL?

Os primeiros passos de Zé Martinez foram também seus primeiros passes. Dribles. Gols. O associado joga desde que começou a andar. Foi inspirado por seu pai,Luiz Roberto Martinez, que se espelhou em seu avô, Luiz Martinez, que jogou, em 1929, pelo Sport Club Germania e recebeu a medalha comemorativa do aniversário de 30 anos do Clube. Essas três gerações não tinham em comum só o sobrenome, mas também a paixão pelos campos.

A tradição continua viva e na família, correndo no DNA dos dois filhos de Zé Martinez. Gustavo, de 17 anos, é lateral esquerdo, e Renato, de 12, é atacante. A paixão pelo Futebol trouxe e traz vitórias (e derrotas), amigos de time, medalhas e troféus. De geração em geração, a bola continua no pé dos Martinez, que matam no peito e mandam para o gol.

A equipe pinheirense, nos Estados Unidos, em 1980

A equipe pinheirense, nos Estados Unidos, em 1980

 

Com os troféus de artilheiro: em 1980, com Futebol Menor no Estados Unidos

Com os troféus de artilheiro: em 1980, com Futebol Menor no Estados Unidos

Em 2014, como jogador do Master, no Clube

Em 2014, como jogador do Master, no Clube

 

Com tantas histórias boas no Futebol, o Clube não poderia deixar de fazer uma honraria aos eternos jogadores pinheirenses.
Em 2017, dois grandes jogadores do Clube serão homenageados nos Campeonatos Internos. Campeonato Interno – Categoria

Principal
1º SEMESTRE
COPA EDUARDO VIANNA MENDES (CANHOTO)
2º SEMESTRE
COPA CARLOS ALBERTO PENELLAS
PEREIRA FILHO (BETINHO)