Diário de Viagem – Janeiro 2018: Catalunha

Seguindo pelo litoral
Onda esportiva

Texto e fotos: Luis Felipe Bernardini

“O motivo inicial da viagem era fazer a maratona de Barcelona. Como já conhecíamos bem a cidade, ficamos apenas alguns dias e aproveitamos para explorar o litoral da Catalunha até a França. Pesquisando, vimos que era uma região muito diversificada: balneários, parques, reservas naturais e cidades medievais. Foi assim que montamos o roteiro: saímos de Barcelona, fomos até Tossa de Mar, passamos por Girona, depois fomos para Cadaqués e por fim chegamos a Montpellier, na França, pelo litoral.

Em Barcelona, aproveitamos para visitar El Born, um antigo mercado que foi restaurado e, durante a obra, foram encontrados vestígios da cidade do período de 1700. Outro lugar que não conhecíamos eram os Jardins de Rubio I lluch, localizados no bairro de El Raval, rodeados pelo antigo hospital de la Santa Creu.

Tossa de Mar fica bem próxima de Barcelona, ao sul da Costa Brava. Na cidade, fomos à antiga muralha, com uma vista incrível do mediterrâneo e a cidade medieval, extremamente charmosa com suas ruas estreitas. Girona nos surpreendeu pela beleza do conjunto arquitetônico da cidade antiga, conectada à cidade nova por diversas pontes sobre o rio Onyar. Diversas construções medievais e romanas estão muito bem preservadas e valem a visita.

Saindo de Girona seguimos para Cadaqués, uma pequena vila de casas brancas que contrastam com o azul do mar. Mais ao norte, visitamos o Parque Natural de Cap de Creus, uma reserva localizada no ponto mais oriental da península Ibérica. Atravessando para a França, chegamos em Montpellier. A praça de la Comedie é um dos pontos principais onde se encontram, além da Opera e da Comedie, restaurantes e lojas. A bela praça é delimitada por edifícios do século XIX”.

 

Cadaques – O mar azule as casas brancas são os charmes da cidade
Cadaques – Vista da Igreja de Santa Maria  

 

Montpellier Place de la Canourgues